Conheça algumas startups soteropolitanas com soluções para preservação do meio ambiente e adaptação às mudanças climáticas

Conheça algumas startups soteropolitanas com soluções para preservação do meio ambiente e adaptação às mudanças climáticas

Conheça algumas startups soteropolitanas com soluções para preservação do meio ambiente e adaptação às mudanças climáticas

Com mais de 5.500 participantes inscritos, a Semana do Clima (LAC Climate Week) realizada na capital baiana, no Salvador Hall, entre os dias 19 e 23 de agosto, reuniu representantes de cerca de 93 países em mais de 500 horas de programação. Debates sobre sustentabilidade, resiliência e a crise na Amazônia movimentaram os painéis e destacaram ainda mais a importância de se discutir e encontrar soluções para a crise climática no mundo.

Durante o evento, empreendedores, startups e órgãos públicos apresentaram no stand da Prefeitura de Salvador projetos e soluções inovadoras para combate às mudanças climáticas, preservação do meio ambiente, reciclagem de resíduos, melhor aproveitamento de recursos naturais, economia circular e outras iniciativas ligadas à estratégia de resiliência da cidade.

Confira abaixo algumas delas:

Green Mobi
Plataforma para monitoramento, em tempo real, da emissão de gases do efeito estufa em Salvador, dispensando o uso de estações de monitoramento ou sensores. Essa análise ocorre através da aplicação Big Data de coleta e monitoramento de dados de trânsito urbano com algoritmo embarcado para cálculo do Índice de qualidade do ar decorrente do nível de fluidez do trânsito. A solução está em teste com apoio da Prefeitura, por meio da Transalvador e da SECIS.

Saiba mais

Aqualuz
O Aqualuz é um dispositivo inovador premiado pela ONU para potabilizar água de cisternas do semiárido usando apenas luz solar, com o custo de R$0,03 a cada 10L de água tratado e dura 20 anos.

Saiba mais

Modulus ONE
Utilizando conceitos da Internet das Coisas (IoT), a MODULUS ONE moderniza seu parque energético, permitindo a gestão dos recursos de forma inteligente através da plataforma de telegestão One Management System. O OMS fornece informações de qualidade de energia, grandezas elétricas, relatórios de consumo, alarmística, além de controle total na gestão de dispositivos e equipamentos.

Saiba mais

PADECOR – Pavimento Drenante Estrutural Pigmentado
Pavimento moldado in loco com alta capacidade de drenar grandes volumes de águas pluviais, bem como suporte ao tráfego de pessoas e veículos, devido as suas características estruturais. Indicado para uso em vias expressas, rodovias, passeios e praças objetivando a mitigação de enchentes e ilhas de calor, reuso das águas pluviais, devolvendo para os mananciais dentro do conceito da Economia Circular.

Saiba mais

Biorrefinaria de Microalgas
A solução consiste em promover o tratamento de água proveniente de rios e efluentes, através de biotecnologias que utilizam microalgas para a remoção e biotransformação de poluentes em bioprodutos de valor agregado (biodiesel, biopolímeros, biofertilizantes).

Combra Food
Plataforma de gerenciamento de logística entre cooperativa agrícola ou pequenos produtores com restaurantes de Salvador. A proposta é conectar esses atores para facilitar o fornecimento e recebimento de produtos frescos, além de fortalecer os pequenos produtores.

Economia circular em Salvador: Fechando o ciclo com compostagem
O principal objetivo desta solução é criar um modelo prático, inclusivo e replicável de como transformar em adubo o que acaba por ser tornar um lixo (por vezes tóxico), proveniente do mal descarte dos resíduos orgânicos, e dirigir o resultado do processamento para agricultores em forma de fertilizantes, que por sua vez devolvem aos consumidores e/ou restaurantes em forma de alimentos, conectando a cadeia de resíduos com a de produção de alimento e com isso fechando esse ciclo.

Solos
Atua com um modelo de negócio de impacto baseado na geração de valor de ponta a ponta do ciclo da matéria orgânica. Analisa a gestão de resíduos atual e indica a solução mais adequada para as necessidades dos clientes. Através da compostagem convencional ou da processadora automática, ela transforma o resíduo orgânico em adubo.

Saiba mais

Ecoloy
É uma startup spin off da Loygus for export. O propósito dela é transformar os resíduos sólidos do setor do vestuário reduzindo assim o impacto no meio ambiente assim como gerando emprego e renda pra costureiras e cooperativas de costura. Através do do processo de upcycling, que é dar valor ao resíduo, a Ecoloy entra em um nincho de mercado dos produtos sustentáveis e logística reversa de peças de vestuário. O próximo objetivo são soluções de consultoria e software de gestão de resíduos que busca mudar a forma como a indústria de vestuário encara seus resíduos.

Compartilhe